Passe Digital

Artigos publicados
Mercado de infoprodutos

MIOJO É PIOR QUE FUMAR MACONHA

Publicado em 12 de Fevereiro de 2019 às 00h

Na pesquisa do professor da Universidade de Queensland, os “miojeiros” tiveram uma queda de 12% da produtividade, enquanto os maconhistas tiveram apenas 2%. O pesquisador Wayne Hall, é titular na Universidade de Queensland, explorou por meses quais seriam os efeitos da maconha e do macarrão instantâneo no organismo.
 
O uso da maconha medicinal já é cientificamente comprovado que é benéfico para o tratamento de diversas patologias. Bem como já não restam dúvidas dentro da ciência de que o excesso de sódio faz muito mal. Ou seja, falar que o miojo causa mais problemas que a maconha já é uma realidade para lá de consolidada!
 
A Organização Mundial da Saúde (OMS) recomenda que adultos deveriam consumir menos de 2 gramas de sódio – ou menos de 5 gramas de sal – ao dia. Isso equivale a menos de 1 colher de chá rasa de sal ou 5 pacotinhos daqueles servidos em restaurantes, já que cada um contém 1 grama.
 
Porém um único pacotinho de macarrão instantâneo oferece mais da metade da quantidade recomendada em apenas uma única refeição. São cerca de 1500 mg de sódio – uns 60% diários.
 
A pesquisa divulgada no The Journal of Nutrition estudou por algumas semanas a alimentação de 10.711 adultos que comiam bastante miojo. E o resultado foi preocupante, apontando como consequência a pressão arterial elevada, excesso de gordura abdominal, diabetes e colesterol alto.
 
O professor chegou à conclusão que o macarrão instantâneo causaria um “retardamento mental” muito acima do que a erva. Um vende no mercado e outro ainda é proibido. Fica mesmo difícil de entender.

O Passe Digital é um site colaborativo de artigos, e seu conteúdo é de responsabilidade de seus autores. O site Passe Digital não compactua com qualquer prática ilícita, ou com a publicação de conteúdo que viole direitos autorais. Havendo qualquer denúncia acerca dessa postagem, por favor nos informe clicando aqui.

Veja também

Outros assuntos

Fale conoscoComo colaborarQuem somosVersão desktop
Passe Digital
um produto da LinkWS
desde 2016