Passe Digital

Artigos publicados
Mercado de infoprodutos

ARANHA-GOLIAS, CAPAZ DE DEVORAR PÁSSAROS INTEIROS. VEJA!

Publicado em 30 de Julho de 2019 às 12h

Conhecida como aranha-golias-comedora-de-pássaros, ela é nativa do norte da Amazônia brasileira, Suriname, Venezuela e Guiana. Trata-se da maior espécie de tarântula do mundo — Theraphosa blondi— e do maior aracnídeo em massa corporal, podendo ultrapassar os 30 centímetros! Isso significa que ela tem o tamanho aproximado de uma pizza pequena.

Aliás, o nome dessa aranha — “comedora-de-pássaros” — não é só para impressionar não. As aranhas-golias realmente são capazes de devorar aves inteiras, embora seu cardápio seja mais variado, incluindo insetos como grilos, baratas e gafanhotos, assim como pequenos lagartos, roedores, sapos, morcegos e até cobras. Essas tarântulas atacam suas presas através de picadas e seu veneno atua no sistema nervoso central, paralisando suas vítimas.

-Comportamento Agressivo

O comportamento das aranhas-golias é considerado bem agressivo, e suas picadas, apesar de seu veneno não ser muito tóxico para os humanos, podem provocar náuseas, sudorese e muita dor, e os pelos presentes em seu abdome e patas podem provocar muita irritação cutânea e nas vias respiratórias. Mas não se preocupe, pois essas tarântulas só atacam pessoas quando se sentem ameaçadas, emitindo uma espécie de chiado como sinal de alerta.

As aranhas-golias são animais de hábitos noturnos que costumam habitar grandes tocas que elas mesmas cavam em áreas de bosque, e as fêmeas sobrevivem em média 25 anos. Os machos vivem bem menos — cerca de um ano —, e muitos morrem durante ou pouco depois de acasalar, pobrezinhos. E você, leitor, teria coragem de brincar com um bichinho desses? 

O Passe Digital é um site colaborativo de artigos, e seu conteúdo é de responsabilidade de seus autores. O site Passe Digital não compactua com qualquer prática ilícita, ou com a publicação de conteúdo que viole direitos autorais. Havendo qualquer denúncia acerca dessa postagem, por favor nos informe clicando aqui.

Veja também

Outros assuntos

Fale conoscoComo colaborarQuem somosVersão desktop
Passe Digital
um produto da LinkWS
desde 2016