Passe Digital

Artigos publicados
Mercado de infoprodutos

Você sabe como é o interior da terra?

Publicado em 24 de Dezembro de 2018 às 23h

  Você sabia que a humanidade conhece mais detalhadamente o espaço sideral que o interior da Terra? O ser humano desenvolveu sofisticadas tecnologias para vasculhar o espaço, mas não dispõe de tecnologia nem de materiais que resistam ás elevadas temperaturas e pressões existentes nas diferentes camadas internas que compõem nosso planeta.

  Tão importante quanto conhecer a terra no espaço é saber como ela é formada, quais são os materiais que a constituem e os fenômenos que ocorrem em seu interior e em sua superfície.

  O interior da terra é formado por uma série de camadas diferentes composições quimicas e propiedades físicas. Nesse momento, você pode estar pensando na seguinte questão: eaté agora ninguém chegou ao interior do planeta, como é possivel determinar sua estrutura interna e saber do que ela é formada? Dois processos são fundamentais para a obtenção desse conhecimento: a observação e análise dos fluxos de lavas, cinzas e gases expelidos pelos vulcões e a aplicação de técnicas desenvolvidas pela Sísmologia, que é a ciência que estuda os terremotos.

  Anualmente, ocorrem cerca de 300 000 abalos sísmicos no planeta, mas apenas cerca de cem deles podem ser realmente percebidos pelas pessoas. Os terremotos transmitem energia pela terra sob forma de ondas, que são sentidas como tremores, mesmo a grande distâncias, e podem ser catastróficos.

  As ondas sísmicas propagam-se por todas as direções, e sua velocidade varia de acordo com o tipo de material que atravessam. No interior da terra existem camadas onde ocorrem mudanças repentinas na velocidade de propagação das ondas sísmicas. As aréas de atuação dessas mudanças são denominadas descontinuidades.

  Para compreender melhor como isso se dá, imagine-se correndo normalmente, provocando o deslocamentos do ar. Ao fazê-lo, você nem sente a resistência, podendo atingir determinada velocidade.

  Se você for correr no mar, sua velocidade vai diminuir, pois é mais lentamente ainda, pois a areia oferece maior resistência ao deslocamento. Isso é o que ocorre com as ondas sísmicas. Quando elas atravessam camadas de composição físico-químicas diferentes, a velocidade de propagação das ondas aumenta ou diminui, o que possibilita determinada as descontinuidades entre as camadas da terra, bem como sua composição.

O Passe Digital é um site colaborativo de artigos, e seu conteúdo é de responsabilidade de seus autores. O site Passe Digital não compactua com qualquer prática ilícita, ou com a publicação de conteúdo que viole direitos autorais. Havendo qualquer denúncia acerca dessa postagem, por favor nos informe clicando aqui.

Veja também

Outros assuntos

Fale conoscoComo colaborarQuem somosVersão desktop
Passe Digital
um produto da LinkWS
desde 2016