Passe Digital

Artigos publicados
Mercado de infoprodutos

Você conhece a "Lei da Ficha Limpa?"

Publicado em 3 de Janeiro de 2019 às 00h

Lei da ficha limpa:

A Lei complementar n°135/2010, conhecida como lei da ficha limpa, é uma legislação brasileira oriunda de um projeto de iniciativa popular que reuniu cerca de 1,3 milhão de assinaturas, recolhidas no 26 estado brasileiro e no Distrito Federal. A mobilização através de redes sociais pela internet e pelo capítulo brasileiro da Avaaz.org, uma rede de ativistas para mobilização global através da internet, contribuiu para a coleta de assinaturas. Essa lei torna inelegível por oito anos o candidato que tiver o mandato cassado, que renunciar para evitar a cassação ou for condenado por decisão de órgão colegiado (com mais de um juiz), mesmo que ainda exista a possibilidade de recursos.

O projeto foi aprovado na câmara dos deputados no dia 5 de maio de 2010 e no Senado Federal no dia 19 de maio de 2010, neste por votação unânime. Foi sancionado pelo então Presidente da República Luiz Inácio Lula da Silva, transformando-se na Lei complementar n°135, de 4 de junho de 2010.

No entanto, a lei gerou polêmica sobre sua validade nas eleições de 2010, já que há uma lei que contrária à alteração do processo eleitoral no mesmo ano das eleições. Após alguns impasses, o Supremo Tribunal Federal (STF) decidiu que a Lei da Ficha Limpa Valéria para as eleições de 2010. Porém, no dia 23 de setembro de 2011, a validade da lei na eleição de 2010 foi derrubada, com o voto do ministro Luiz Fux--- que havia chegado à corte há um mês, após a aposentadoria do ministro Eros Grau.

Posteriormente, a Ordem dos advogados do Brasil (OAB) entrou com uma Ação Declaratória de constitucionalidade da lei. Foi somente no dia 16 de fevereiro de 2012 que o STF decidiu que a Lei da Ficha Limpa não desrespeitava a Constituição brasileira, sendo assim válida para as eleições de 2012 e para os próximos pleitos eleitorais.

O Passe Digital é um site colaborativo de artigos, e seu conteúdo é de responsabilidade de seus autores. O site Passe Digital não compactua com qualquer prática ilícita, ou com a publicação de conteúdo que viole direitos autorais. Havendo qualquer denúncia acerca dessa postagem, por favor nos informe clicando aqui.

Veja também

Outros assuntos

Fale conoscoComo colaborarQuem somosVersão desktop
Passe Digital
um produto da LinkWS
desde 2016