Passe Digital

Artigos publicados
Mercado de infoprodutos

Marketing Multinível : oportunidade do momento!

Publicado em 5 de Janeiro de 2019 às 23h

O que é e como funciona o marketing multinível?

O marketing multinível ou marketing de rede é um modelo de vendas em que um revendedor ganha uma participação nos lucros obtidos por ele e por sua rede de revendedores.

Trata-se, também, de uma modalidade de venda direta, que se baseia no contato pessoal entre vendedores e clientes para comercializar produtos e serviços – Mary Kay é um exemplo clássico de empresa que opera nesses moldes.

Esse modelo foi criado na década de 1940, nos EUA, por Carl Rhenborg. O marketing multinível foi e é uma evolução das tradicionais vendas diretas unilevel, que se trata do ganho individual de comissões.

O multinível veio, assim, para incentivar os revendedores, além de vender, a atrair novos distribuidores para uma empresa.

É como uma oportunidade de uma promoção, em que o vendedor passa a se tornar um líder ou um gerente de vendas, e amplia os seus ganhos.

Trabalho dobrado e ganho maior

No multinível, um revendedor precisa se esforçar para vender os seus produtos para sua clientela normal (gerando lucro direto) e atrair novos vendedores para a sua rede (conseguindo um lucro indireto, por meio da comissão residual).

O trabalho é maior, pois quando você forma sua própria equipe de vendedores, é necessário oferecer todo um suporte para eles.

São necessários treinamentos, orientações, premiações, enfim, o que for preciso para manter uma rede engajada de revendedores, veja...

No final, tanto esforço é recompensador, já que quanto mais bem preparada sua equipe for, maiores serão os seus lucros.

Quais são as vantagens desse modelo?

Autonomia de trabalho

Esse benefício pode parecer papo de vendedor, mas é inegável que trabalhar com venda direta traz uma certa liberdade.

Afinal de contas, caso você entre nesse modelo de negócio, poderá escolher quantas horas do dia se dedicará ao trabalho, o tipo de produto que quer comercializar e o público para o qual irá vender, por exemplo.

Mas é sempre bom lembrar que o seu ganho será proporcional à sua produtividade.

Suporte de grandes empresas

Trabalhar com venda direta é entrar em um mercado consolidado pelos seus números e por empresas de renome.

Para você ter uma ideia, esse setor movimentou R$ 40,4 bilhões em 2016, segundo um levantamento feito pela Associação Brasileira de Empresas de Vendas Diretas (ABEVD) .

Em relação às empresas, há de se considerar a estrutura que marcas como Amway, Jequiti e Herbalife podem oferecer.

Por estrutura, estamos considerando os planos bem definidos de comissão e bonificação, a qualidade dos produtos, a capacitação, o respeito e o compromisso com os revendedores, entre outros pontos relevantes.

Modelo escalável de ganhos

Essa é uma das principais características do marketing multinível. Por exemplo, quando um revendedor recruta um novo distribuidor, esse novo integrante pode, após um tempo, criar a sua própria rede.

As pessoas que forem incluídas na rede por esse novo integrante também podem formar suas próprias equipes e, dessa maneira, os níveis da força de vendas vão se multiplicando sequencialmente.

É essa escalabilidade que caracteriza o marketing de rede e amplifica os ganhos dos líderes de venda.

No entanto, é importante frisar que a maioria das empresas de MMN limita os ganhos de um líder após uma certa quantidade de níveis multiplicados.

E as desvantagens?

Investimento inicial pode ser caro

Esse é um detalhe que depende muito da pessoa e da empresa escolhida.

Existem planos que vendem por catálogos e, portanto, os revendedores não precisam adquirir os produtos para comercializá-los. Eles ganham uma comissão sobre a venda.

Mas também existem os planos, esses os mais comuns, que exigem que o revendedor faça um investimento inicial ou compre os produtos para revender com um preço sugerido.

Nesse caso, tem empresas que cobram menos de 50 reais, outras contam com planos mínimos de 130 reais, outras que cobram mais de 200. Enfim, o valor dependerá muito dos produtos e dos kits adquiridos.

Criação de redes em longo prazo

O marketing multinível é bastante atrativo por essa possibilidade de ganho a partir da criação da sua própria rede de vendedores.

Entretanto, mesmo os vendedores com um pouco mais de experiência podem demorar um pouco até criarem suas próprias equipes de venda.

Imagine, então, para pessoas que entram nesse negócio com nenhuma experiência em vendas? Se já será difícil conquistar os primeiros clientes, atrair novos vendedores se tornará uma missão ainda mais complexa.

Marketing multinível e pirâmide são a mesma coisa?

Essa talvez seja a principal polêmica que cerca o conceito de marketing multinível.

Como uma parte do lucro de um vendedor é gerada por meio da produtividade dos distribuidores recrutados por ele, muita gente acredita se tratar de um esquema de pirâmide.

Mas isso nada tem a ver com pirâmide! 

Além de serem ilegais no Brasil, os esquemas de pirâmide carregam três características determinantes para a sua caracterização:

  1. não existem produtos ou serviços sendo comercializados para quem está de fora da pirâmide. Caso haja mercadorias, elas não possuem valor de mercado compatível com o investimento inicial feito para entrar, ou seja, servem apenas como pretexto;
  2. o lucro é obtido somente com a entrada de novos integrantes no esquema. Quem investe para entrar só sobrevive na pirâmide se conseguir convidar outras pessoas a entrarem. Assim, gera-se um pouco de lucro para si e muito para quem está no topo;
  3. as pirâmides possuem prazo de validade. Afinal, chega uma hora que a base não consegue recrutar mais pessoas. Isso interrompe o fluxo de dinheiro, desmontando a pirâmide, já que o topo não terá como sustentar a base, que é bem maior.

Além disso, as pirâmides não costumam oferecer treinamentos para os seus “vendedores” e os processos são descontinuados com o tempo.

Outra é analisando se o foco dela é no ganho por meio das vendas (típico do MMN) ou se insiste no recrutamento de novos integrantes (característico das pirâmides).

Quais são as empresas conhecidas que praticam o MMN?

Veja 3 empresas que mostram como esse modelo de negócios é sustentável e recompensador. Confira:

Amway

A empresa trabalha com produtos de nutrição, beleza, cuidados pessoais e itens para a casa. Entre eles, marcas conhecidas como Nutrilite™ e Artistry™.

Jequiti

Diretamente do Grupo Silvio Santos, a Jequiti vem, nos últimos anos, ganhando espaço nesse mercado de venda direta e marketing multinível entre os produtos de beleza e perfumaria.

Além das tradicionais comissões, o programa chama a atenção pela possibilidade de seus consultores e gerentes de vendas poderem participar dos programas do SBT, como o Roda a Roda Jequiti, e faturarem prêmios que podem chegar até 1 milhão de reais.

Herbalife

A Herbalife já coleciona quase 4 décadas de história e é uma das maiores empresas globais de nutrição. Seus produtos, como suplementos, shakes e barras de proteína, são voltados para o estímulo e a promoção de uma vida saudável.

Para que o marketing multinível seja um negócio lucrativo para os vendedores, é fundamental eles criarem bons relacionamentos com as empresas, clientes e outros revendedores. Aproveite essa oportunidade e faça parte desse negocio!

O multinível veio, assim, para incentivar os revendedores, além de vender, a atrair novos distribuidores para uma empresa.

 

O Passe Digital é um site colaborativo de artigos, e seu conteúdo é de responsabilidade de seus autores. O site Passe Digital não compactua com qualquer prática ilícita, ou com a publicação de conteúdo que viole direitos autorais. Havendo qualquer denúncia acerca dessa postagem, por favor nos informe clicando aqui.

Veja também

Outros assuntos

Fale conoscoComo colaborarQuem somosVersão desktop
Passe Digital
um produto da LinkWS
desde 2016