Passe Digital

Artigos publicados
Mercado de infoprodutos

Bebeu demais? Confira dicas para curar a ressaca rápido

Publicado em 10 de Janeiro de 2019 às 14h

É tiro e queda: o consumo de bebidas alcoólicas em excesso traz consequências desagradáveis no dia seguinte. E, conforme os anos passam, parece que a recuperação no pós-festa fica ainda mais difícil. Além dos sintomas, como dor de cabeça, enjoo e indisposição, é comum que se sinta até uma pontinha de tristeza.

Para prevenir a ressaca, há duas dicas espertas. A primeira é tomar uma colher de azeite de oliva extravirgem algumas horas antes da festa. A outra é intercalar um copo de bebida alcoólica com um copo de água enquanto se estiver bebendo.

Mas, se não deu para prevenir, o jeito é amenizar os sintomas no dia seguinte. Alguns alimentos que podem melhorar a situação são: maçã, melão, pêssego, uva, tangerina, limão, pepino, tomate, alho, cebola e gengibre.

Veja algumas dicas para se recuperar rapidamente:

  • Tomar duas xícaras de café preto sem açúcar: o café reduz o inchaço dos vasos sanguíneos que causam a dor de cabeça e ajuda o fígado a metabolizar as toxinas;
  • Tomar um remédio para ressaca: ajuda a diminuir sintomas como dor de cabeça e enjoos;
  • Beber bastante água: o álcool causa desidratação, por isso deve-se beber vários copos de água ao longo do dia;
  • Beber um suco de frutas natural: estes sucos possuem um tipo de açúcar chamado frutose, que ajuda o corpo a queimar o álcool mais depressa. Um copo grande de suco de laranja ou tomate ajuda a limpar o álcool do organismo;
  • Comer biscoitos de mel: neles também há uma forma concentrada de frutose, que ajuda a eliminar o álcool do organismo;
  • Tomar uma sopa de legumes: repõe o sal e o potássio que o corpo perdeu durante o consumo de álcool.
  • Outra dica importante é descansar e adotar uma alimentação leve, pois assim o corpo consegue eliminar mais facilmente as toxinas produzidas no fígado por causa do consumo exagerado de bebidas alcoólicas.

Por que acontece?

A ressaca é causada pelo consumo de bebidas alcoólicas em exagero. O álcool precisa ser transformado, no fígado, em ácido acético, para ser eliminado pelo organismo. Para isso, tem que ser transformado primeiro em acetaldeído, uma substância ainda mais tóxica que o álcool. Como o fígado demora muito tempo para fazer essa transformação, o álcool e o acetaldeído continuam a circular no organismo até serem transformados em ácido acético.

O acetaldeído se deposita em vários órgãos do corpo, exercendo toxicidade e provocando assim os sintomas da ressaca. Além disso, durante o metabolismo de um excesso de álcool, o corpo não libera açúcar no sangue com tanta eficiência, podendo causar hipoglicemia. O álcool também faz com que seja eliminada mais água, e isso pode causar desidratação.

FONTE: https://webbnoticiasmais.blogspot.com/

O Passe Digital é um site colaborativo de artigos, e seu conteúdo é de responsabilidade de seus autores. O site Passe Digital não compactua com qualquer prática ilícita, ou com a publicação de conteúdo que viole direitos autorais. Havendo qualquer denúncia acerca dessa postagem, por favor nos informe clicando aqui.

Veja também

Outros assuntos

Fale conoscoComo colaborarQuem somosVersão desktop
Passe Digital
um produto da LinkWS
desde 2016