• Home  
  •   
  • Romance  
  •   
  • A história que vai mudar sua vida  

A história que vai mudar sua vida

Publicado em 24 de Novembro de 2018 às 21h

      Oi! prazerMeu nome e Adeliane. Eu vou compartilhar minha historia com você, peço que não me critique, pois errei mesmo e estou ciente disto, mas estou arrependida e espero que você mim, entenda!

      Tudo começou quando ainda tinha 13 anos e um desejo imenso de conhecer e viajar de navio, mas minha famílianunca foi rica sempre fomos controlados meu pai e advogado e nunca nos deixou faltar nada. Fiz um pedido a ele para mim presentear com está viajem porem ele falou que tinha um alto custo e nos não tínhamos condições naquele momento, mas me prometeu que nos meus 15 anos me levaria para vê um navio e realizar meu sonho de navegar.

        Com isto o tempo foi passando e fui amadurecendo virei uma moça linda pele morena cabelo cacheado, e como todos jovens comecei a conhecer uma outra face do mundo e a sensualidade, antes da viagem conheci váriosgarotos, mas nada de mais, quando estava na roda de amigas era muito chato, pois começavam a falar de experiencia de relações sexuais e todos contavam as suas, tudo parecia maravilhoso na maior perfeição quando chegava minha vez de falar ou me questionavam sempre tinha que inventar algo as vezes chegava acreditar nas minhas próprias mentiras. Eu viva atormentada com estás mentiras mesmo as vezes acreditando nelas, minha mãe sempre me falava que iria chegar minha hora era esperar mas logo eu desviava o assunto, pois me sentia constrangida, talvez seja por isto que fiz está burrada.

         Na escola eles sempre fazem palestras e trazem profissionais de várias ariás, como os alunos são jovens existi aquela preocupação da parte deles de nus instruir a seguir um caminho seguro de prevenção inclusive na vida sexual, no mês de dezembro falaram sobre aids, mas eu nem dei ouvidos durante a palestra fiquei conversando como muitos dos jovens que ali estavam, nunca tinha me imaginado com aquela doença me achava esperta,mas com a ironia do destino isto iria mudar!

         Faço aniversário no dia 11/08 uma data propicia no meio do ano com as ferias da escola, tudo conspirava para uma viagem maravilhosa. quase completando meus 15 anos em uma noite meu pai chegou sorridente depois de um dia de trabalho e chamou a família para conversa e foi quando me mostrou a passagem de um navio em que iriamos viajar, lembro que fiquei muito eufóricacomecei arrumar a mala uma semana antes.

        Um dia antes me despedi das minhas amigas, visitei meus parentes íntimos e logo na manhã seguinte partimos, a primeira vista do navio foi maravilhosa chorei de emoção, meu pai e minha mãe chorou por mim ver chorando e tendo um sonho realizado, logo no embarque tinha varias pessoas e jovens “como eu” fiquei maravilhada vendo o barco partindo e se distanciando cada vez mais do porto.

       No primeiro dia foi para conhecer o navio, tínhamos prioridades e visitamos cada parte do navio inclusive a cabine de comando, anoite era maravilhoso as estrelas reluzente no céu chamava a atenção de todos, a lua brilhante e branca como um vestido de noiva como a neve de um inverno no rio grande do sul, acordei de manhã no proposito de juntar informações o bastante para ter o que contar para amigas e familiares quando chegar em casa. Estava tudo perfeito e parecia ficar ainda mais, em uma noite papai e mamãeforam dormi e madeixarem observando as estrelas, quando se aproximou um lindo jovem lembro dele ate hoje cabelo crespo moreno corpo malhado com uma linda voz, chegou perguntando meu nome e cê estava gostando da viagem, falei com ele, mas não dei muita bola, pois nem conhecia ele tinha visto de longe, mas nos outros dias ele insistia a conversa comigo e nisto fomos ficando amigos e aproximando cada vez mais.Fui criando dentro de mim um sentimento, masao mesmo tempo, lutando contra ele pois o garoto morava longe de minha cidade, e este sentimento poderia causar poblemas para mim depois, ele insistia em cê aproximar mesmo vendo que eu tentava me distanciar era uma luta interna na quelemomento no meu interior me via na “faixa de gaza”.

        Acabei perdendo pra mim mesma e deixei o sentimento me levar, já estavamos a dias em altomar, já tinha cê passado mais da metade da viagem, e estava me relacionado com aquele lindo jovem que era 2 anos mais velho, mas preferia não ir muito a fundo com algo mais sério, masao mesmo tempo via a oportunidade de não mentir mais para minhas amigas e tirar um peso que me perseguia, e me sentir uma jovem igual todas!

        Em uma noite novamente sozinha já no ultimo dia de viajem novamente aquele jovem lindo chega do nada como cê fosse um espirito, no meu ouvido dizia palavras doces e com vicentes a ponto de me entregar em seu braços sem lembrar dos conselhos de minha mãe das palestras na escola, e quando me dei conta estava no quarto daquele jovem e tinha em minhas mãos uma escolha continuar ali ou sair correndo, Escolhi fica e me entregar aos desejos, foi maravilhoso minha primeira vezmelhor que imaginava até o momento não vi nem um erro, lembro que fui para meu quarto já era 2 h da manhã dormi contente com a experiência.

        No outro dia logo pela manhã no desembarque me encontrei com o lindo jovem, escondido dos meus pais, se despedimos chorei ele me consolou friamente e mideu uma caixa embrulhada com papel de presente e disse abra quando chegar em casa e foi embora, até hoje não lhe vi novamente. Cheguei em casa não falei com ninguém minha família estava toda lá e me perguntavam como foi a viajem, mas ignorei a todos e fui para o quarto estava iludida com o jovem lindo e louca para abrir o presente.

       Quando abri a caixa tomei um susto e a máscara daquele jovem caiu se revelando por trás de um rostinho bonito um monstromaldoso infectado e desposto a espalhar seu vírus a todos, se deparei com uma rosa da cor preta e mucha com um bilhete escrito Bem-vindoAO MUNDO DA AIDS!

       Naquele momento lembrei de quantas vezes achava bobeira o que minha mãe falava, achava bobeira as palestras na escola sobre preventivos AIDS! caiu como uma bomba sobre minha cabeça não bastava a doença também veio os problemaspsicológicos ai que “BURRICE” que fisso! Com este erroaprendi muito e aconselho a vocês, não e proibido fazer sexo, mastambém não custa nada se prevenircuidado.

O Passe Digital é um site colaborativo de artigos, e seu conteúdo é de responsabilidade de seus autores. O site Passe Digital não compactua com qualquer prática ilícita, ou com a publicação de conteúdo que viole direitos autorais. Havendo qualquer denúncia acerca dessa postagem, por favor nos informe clicando aqui.
A seguir várias soluções para seu negócio:
E-mail marketingValidação de e-mailsValidação de telefonesAtendimento via WhatsappDivulgação de produtosAnti-SPAMVárias ferramentas de marketing
Fale conoscoComo colaborarQuem somosVersão mobile
Passe Digital - um produto da LinkWS - desde 2016