• Home  
  •   
  • Sa?de e beleza  
  •   
  • Dor na lombar? Cuidado, ela pode indicar problemas sérios  

Dor na lombar? Cuidado, ela pode indicar problemas sérios

Publicado em 4 de Dezembro de 2018 às 14h

Um dos problemas que tem se tornado cada vez mais comuns tanto entre jovens quanto em pessoas de mais idade é a lombalgia. Ela corresponde a um conjunto de sintomas que provocam fortes dores na região inferior da coluna e que podem até comprometer a mobilidade.

A dores podem aparecer subitamente e perdurar por longos períodos ou ainda se manifestar de tempos em tempos com certa frequência. De acordo como o clínico geral Paulo Sampaio do Hapvida Saúde, a lombalgia pode apresentar de duas formas: “Há dos tipos de lombalgia: aguda e crônica. A forma aguda é o "mau jeito". A dor é forte e aparece subitamente depois de um esforço físico. Ocorre na população mais jovem. A forma crônica geralmente acontece entre os mais velhos; a dor não é tão intensa, porém, é quase permanente”, explica.

Os fatores que podem desencadear o problema, podem ser variados incluindo a genética, má postura, sedentarismo, esforço físico em excesso, obesidade, fumo, síndromes depressivas, trabalho repetitivo e até gravidez. Segundo o médico, na maioria dos casos, a lombalgia indica um desvio na coluna ou uma ou mais hérnias de disco, por isso, é importante consultar um ortopedistas e realizar exames específicos em casos de dor intensa.

Na maioria dos casos, a lombalgia é tratada com ajuda de fisioterapias, analgésicos e relaxantes musculares. E só em último caso é que as cirurgias são indicadas.

“Na crise aguda de lombalgia, o exercício está totalmente contraindicado. Deve-se fazer repouso absoluto, deitado na cama. Uma alternativa é deitar de lado em posição fetal (com as pernas encolhidas). Não estão indicados na fase aguda: tração, manipulação, RPG, cinesioterapia, alongamento e massagem. Quanto mais bem feito o repouso, menos medicamentos são necessários. Obviamente, deve-se tratar a causa da lombalgia”.ou quando existem alterações perda de controle para urinar e defecar”.

O Passe Digital é um site colaborativo de artigos, e seu conteúdo é de responsabilidade de seus autores. O site Passe Digital não compactua com qualquer prática ilícita, ou com a publicação de conteúdo que viole direitos autorais. Havendo qualquer denúncia acerca dessa postagem, por favor nos informe clicando aqui.
Fale conoscoComo colaborarQuem somosVersão mobile
Passe Digital - um produto da LinkWS - desde 2016