• Home  
  •   
  • Games  
  •   
  • A História de Resident Evil 5  

A História de Resident Evil 5

Publicado em 16 de Dezembro de 2018 às 12h

Os trailers já anunciavam um jogo grandioso. A cada imagem divulgada, novas especulações surgiam na imprensa especializada. O túmulo de Jill, Chris extremamente forte, Sheva Alomar, África e o vilão mais impressionante da série: Albert Wesker. O loiro transbordava poder no auge da sua forma, pronto para destilar sua soberania na atual geração de consoles.

O gráfico era impressionante. Não só era o melhor de toda a série, por razões óbvias, mais era presença garantida entre qualquer lista dos cinco melhores da história. A jogabilidade mudou um pouco, mas trouxe a essência de Resident Evil 4, com mais grandiosidade nos atos e ambientes mais aterrorizantes.

Sem Umbrella desde Code: Verônica, os incidentes posteriores fazem parte dos legados deixados pela empresa, sem conexões diretas relacionadas. Com indícios de que o vírus Las Plagas havia desembarcado em uma vila Africana, Chris, agora integrante da BSAA, segue para o local para expandir as investigações. Ao chegar encontra Sheva Alomar, Uroboros e uma comunidade enlouquecida.

O time de vilões de Residente Evil 5 é de respeito. Além de Albert Wesker os jogadores terão que confrontar Ricardo Irving, comerciante de armas biológicas e Excella, braço direito do principal vilão título. Para intrigar ainda mais os fãs, durante determinada parte da campanha uma das principais heroínas da série passa para o outro lado.

Com poucas mudanças significativas com relação à jogabilidade e movimentação de personagens em geral, a grande novidade do game fica por conta da possibilidade de jogar em Split Screen ou Co-Op online. Os jogadores poderiam substituir a inteligência artificial que controlava a parceira de Chris por um amigo.

Esta edição do jogo é a que menos se aproxima das origens do clássico Resident Evil lançado pela Capcom em 1996. Os ambientes extremamente claros, os inimigos casuais cada vez mais armados e a falta de referências à história original, com exceção dos personagens, tornaram Resident Evil 5 um dos jogos mais questionados de toda a série.

Para aquecer ainda mais a indústria a Capcom lançará no próximo dia 2 de outubro Resident Evil 6. Com um elenco recheado de estrelas, os jogadores poderão observar em ação o filho de Wesker, Ashley, Ada, Leon e Chris, entre outros personagens. Resta saber ser esta edição irá agradar os fãs mais antigos da franquia ou só fará sucesso com os admiradores da ação desenfreada que tomou conta das últimas edições do game.

 

O Passe Digital é um site colaborativo de artigos, e seu conteúdo é de responsabilidade de seus autores. O site Passe Digital não compactua com qualquer prática ilícita, ou com a publicação de conteúdo que viole direitos autorais. Havendo qualquer denúncia acerca dessa postagem, por favor nos informe clicando aqui.
Fale conoscoComo colaborarQuem somosVersão mobile
Passe Digital - um produto da LinkWS - desde 2016