Como perdoar

Publicado em 30 de Dezembro de 2018 às 22h

O perdão é a expressão mais forte do sentimento mais puro e limpo, que é o amor, sem o qual a vida não existe, os mares ficam secos, a terra sem luz, é o povo sem Deus.

Quando guardamos qualquer ressentimento contra alguém, por menor que seja, ficamos absolutamente presos a esta pessoa, mais que todos os grilhões do mundo amarrados ao nosso corpo.

Isto porque a nossa alma entra em prisão e a nossa vida para de se desenvolver. Entramos num retrocesso extenuante.
Mas se tomamos uma atitude sincera de isentar de culpa aquele que nos ofendeu, então, imediatamente, a nossa alma é liberta e a nossa vida diante do retrocesso definhatório entra no estado de desenvolvimento material e espiritual progressivos.

Tamanha é a necessidade de se perdoar, que o próprio Senhor Jesus o incluiu na oração Universal do Pai Nosso, dizendo: 
“E perdoa-nos as nossas dividas, assim como nós temos perdoado aos nossos devedores.”(Mateus 6.12)


Mais necessidade tem o ofendido de perdoar do que o ofensor de ser perdoado. Por isso mesmo, estamos colocando este simples trabalho nas mãos dos nossos leitores, esperando assim, contribuir de uma forma ou de outra, para que todos os que aspiram a uma vida salutar, de consciência purificada, fiquem imunes “do laço do passarinheiro e da peste perniciosa (...) do terror noturno, da seta que voa de dia, da peste que se propaga nas trevas, da mortandade que assola ao meio-dia” (Salmos 9.3-6).


O Reino de Deus é perfeitamente antagônico ao reino deste mundo. Os seus valores não são iguais suas ações e reações também são diferentes das deste mundo. O ser humano, quando passa pela “porta estreita” ( Mateus 7.13,14; Lucas 13.24 ) e inicia a sua jornada no Reino de Deus, precisa estar cônscio de que neste novo mundo há regras preestabelecidas, pelas quais não se pode dar um jeitinho; ou o novo cidadão assume a sua cidadania no Reino e se submete à sua disciplina, ou então está fora ! 

CLIQUE AQUI E VEJA PORQUE E COMO PERDOAR!


Neste mundo, tem melhor sorte quem fura a fila; trapaceia; de um jeito ou outro, alcança objetivos, ainda que tenha prejudicado a terceiros, subindo nas costas de outros, etc.

Esse tipo, enquanto não chega o tempo da colheita, se dá muito bem: de último passa a ser opressor; vale aquele que tem mais... Mas o Senhor Jesus ensinou que tudo é diferente no seu Reino. Por exemplo, Ele disse: 
“...muitos primeiros serão últimos; e os últimos, primeiros.” 
                                                                                             MATEUS 19.30

“ Mas o maior dentre vós será vosso servo. Quem a si mesmo se exultar será humilhado; é quem a si mesmo se humilhar será exaltado.” 
                                                                                 MATEUS 23.11-12
Por esse aspecto, já podemos sentir a grande diferença entre o Reino de Deus e o reino deste mundo.

Agora imagine: se no plano material verificamos diferenças drásticas entre os dois reinos,  como não será no espiritual? É aí que entra o perdão , que nasce pela força do amor, é o culpado renuncia ao seu próprio ego em detrimento do outro, que é réu. 


É evidente que a base do Reino de Deus é o amor, porém, sem que haja o sincero perdão, o amor se despersonifica ou se desqualifica e, consequentimente, sofre o Reino de Deus, que desce quase ao nível do reino deste mundo.


O perdão é imperativo para todos os que desejam entrar pela porta estreita, seguir os passos do Senhor Jesus e possuir o Seu caráter. Não há outra alternativa; não há outro caminho...

 

CLIQUE AQUI E VEJA PORQUE E COMO PERDOAR!

O Passe Digital é um site colaborativo de artigos, e seu conteúdo é de responsabilidade de seus autores. O site Passe Digital não compactua com qualquer prática ilícita, ou com a publicação de conteúdo que viole direitos autorais. Havendo qualquer denúncia acerca dessa postagem, por favor nos informe clicando aqui.
Fale conoscoComo colaborarQuem somosVersão mobile
Passe Digital - um produto da LinkWS - desde 2016