• Home  
  •   
  • Arte  
  •   
  • Conheça o Ruggie, o tapete-despertador que só para de tocar quando você levanta  

Conheça o Ruggie, o tapete-despertador que só para de tocar quando você levanta

Publicado em 17 de Agosto de 2017 às 22h

Difícil levantar da cama de manhã para ir trabalhar ou estudar, não é? É uma dificuldade compartilhada por boa parte da humanidade, que, sabendo do problema, está sempre pensando em novas formas de incentivar as pessoas a saírem da cama. É aí que entra o Ruggie, uma nova tentativa de impedir o atraso matinal causado pelos “cinco minutinhos” (que nunca são só cinco minutos reais).

O Ruggie é um tapete, mas ele é muito diferente do tapete da sua casa. Isso porque ele é parte um sistema de despertador que só para de tocar quando o usuário permanece em pé sobre ele por três segundos. Não há botão “soneca”.

Depois que o usuário dorminhoco finalmente consegue pisar sobre a espuma de memória do Ruggie pelo tempo necessário para destravar o alarme, ele também pode reproduzir um som divertido, ou palavras motivadoras para que a pessoa não se sinta compelida a voltar para a cama.

No entanto, o projeto ainda não está pronto. A empresa responsável pelo Ruggie , apesar de já ter superado, de longe, sua meta inicial. Os responsáveis esperavam levantar 50 mil dólares canadenses (cerca de R$ 140 mil), mas já passaram dos 100 mil dólares canadenses, com mais 54 dias para o fim da campanha de arrecadação.

Quem apoiar o projeto pode adquirir o tapete por um preço abaixo do proposta para quando o produto chegar ao mercado. A empresa espera vendê-lo por US$ 100 no futuro, mas os apoiadores podem comprá-lo por US$ 80 neste momento. No início da campanha, foi possível reservá-lo por US$ 60, mas estas unidades mais baratas já se esgotaram.

O Passe Digital é um site colaborativo de artigos, e seu conteúdo é de responsabilidade de seus autores. O site Passe Digital não compactua com qualquer prática ilícita, ou com a publicação de conteúdo que viole direitos autorais. Havendo qualquer denúncia acerca dessa postagem, por favor nos informe clicando aqui.
Fale conoscoComo colaborarQuem somosVersão mobile
Passe Digital - um produto da LinkWS - desde 2016