• Home  
  •   
  • Sa?de e beleza  
  •   
  • Paroxetina para ejaculação precoce: como utilizar?  

Paroxetina para ejaculação precoce: como utilizar?

Publicado em 9 de Janeiro de 2019 às 09h

Os homens que sofrem com os episódios de ejaculação precoce buscam incansavelmente por medicações que possam auxiliá-los no tratamento desse problema. Utilizar a paroxetina para ejaculação precoce é uma das alternativas que muitos médicos encontraram para os seus pacientes. Até o momento ela vem se mostrando extremamente eficaz no controle dos episódios.

A ejaculação é um fenômeno do corpo humano caracterizado pelos episódios neuromusculares que permite a progressão do sêmen para fora da uretra. Algumas disfunções são comuns para os homens, principalmente a ejaculação precoce, onde ocorre a falta de controle de se segurar o orgasmo, acontecendo antes mesmo que o ato sexual se concretize.

Quais os melhores remédios para ejaculação precoce?

Muitos não sabem, mas existem algumas fases do ciclo sexual, são elas: desejo, excitação, orgasmo e ejaculação. As disfunções sexuais acontecem quando justamente alguma dessas fases são interrompidas.

Os homens ao longo da vida se preocupam mais em ter a sua virilidade mantida, do que a qualidade da sua vida sexual. Muitos jovens inclusive não se preocupam muito com a qualidade de vida de suas parceiras. A história começa a mudar quando atingem por volta dos 30 anos. É nessa idade que as preocupações em ter uma vida sexual mais saudável começam a aparecer.

Principais sintomas da ejaculação precoce

 

O homem que sofre com a ejaculação precoce, provavelmente já apresentou alguns dos sintomas que vamos te mostrar abaixo. Alguns podem ter tido vários episódios e outros apenas alguns.

Esses sintomas são na maioria das vezes muito desagradáveis, o homem precisa pensar muito bem se vale a pena sofrer este tipo de incomodo. Será que não está na hora de tomar algum medicamento para que esse problema seja controlado?

O que precisa ficar claro na cabeça dos homens é de que o primeiro sintoma que mostra que o indivíduo sofre com a ejaculação precoce está na dificuldade que ele tem em segurar o orgasmo. Esse sintoma pode ocorrer em qualquer tipo de situação sexual, até mesmo na masturbação.

A ejaculação precoce é classificada em dois tipos de categorias, a primária e a secundária.

Na primária existem sintomas que foram vistos em toda a vida do homem. Acompanhe:

 

 

    Grande dificuldade de segurar o orgasmo em até 5 minutos de penetração;

   Dificuldade de retardar a ereção e o orgasmo durante todo o ato sexual;

   Grandes episódios de estresse e frustração dificultando o contato sexual com o parceiro.

Na ejaculação precoce secundária existem esses mesmos sintomas, com uma única diferença eles nunca fizeram parte da vida sexual deste homem. Eles começaram a existir depois de uma certa idade. Neste caso, os homens sempre tiveram uma vida sexual satisfatória e normal com suas parceiras e do nada começaram a apresentar estes sintomas.

VISITE O BLOG SOSVIDAMAIS E SAIBA MAIS

O Passe Digital é um site colaborativo de artigos, e seu conteúdo é de responsabilidade de seus autores. O site Passe Digital não compactua com qualquer prática ilícita, ou com a publicação de conteúdo que viole direitos autorais. Havendo qualquer denúncia acerca dessa postagem, por favor nos informe clicando aqui.
A seguir várias soluções para seu negócio:
E-mail marketingValidação de e-mailsValidação de telefonesAtendimento via WhatsappDivulgação de produtosAnti-SPAMVárias ferramentas de marketing
Fale conoscoComo colaborarQuem somosVersão mobile
Passe Digital - um produto da LinkWS - desde 2016