• Home  
  •   
  • Arte  
  •   
  • A MAIOR FARSA DA HISTORIA DA ARTE DE TODA HUMANIDADE?  

A MAIOR FARSA DA HISTORIA DA ARTE DE TODA HUMANIDADE?

Publicado em 7 de Janeiro de 2018 às 20h

A internet é um lugar onde muitos questionamentos são feitos, estes questionamentos levam a investigações e estas a artigos, livros e outros trabalhos a serem analizados.

Recentemente, o autor de best sellers, o jornalista norte americano, Walter Isaacson, reuniu diversos escritos, relatos históricos e outras fontes para compor sua nova obra, "Leonardo da Vinci". Nesta biografia, o autor procura mostrar o que encontrou de relevante, que por muito tempo foi ocultado pela cultura européia dos séulos anteriores.

O autor, ao recontar a história do inventor, escritor, matemático e artista Leonardo da Vinci, "desenterrou" fatos ocultados, episódios e relatos que para a maioria da cultura seriam tidas como "impróprias e deploráveis".

Segundo o texto do Jornalista, o gênio "Da Vinci" tinha um comportamento homossexual, ou bissexual. Isto ele conclui a partir de regstros e relatos, como o que descreve que o Inventor famoso, possivelmente ficou preso algum tempo por ter feito "coisas deselegantes" com um pupilo.

A partir desta nova ótica para com o pintor renascentista, e essa noção de que ele tinha tal comportamento, muitos leitores começaram a indagar e pesquisar por indícios que corroborassem tais afirmações. Abrindo espaço para teorias conspiratórias e revisão da historiografia da época.

Nestas indagações, um grupo de pessoas observaram uma grande lacuna na história do famoso quadro "Monalisa". 

A história convencional diz que o quadro foi encomendado por um marido, que queria registrar a grande beleza de sua esposa, no entanto, ao quadro, seguindo o rastreamento, atribui-se que foi vendido ao rei Francisco I de França.

Se o quadro foi encomendado por um marido, por que foi desviado dessa forma, sendo que geralmente, os quadros encomendados são apresentados primeiramente a quem o encomendou?

Também, Segundo Priscila de Souza, Moreira( Priscila de Souza Moreira (2006).O sagrado Feminino no Codigo da Vinci. Revista Psicanálise e Barroco. Consultado em 28 de agosto de 2012.) "muitos historiadores da arte desconfiavam de que a reverência de Da Vinci pela Mona Lisa nada tinha a ver com sua maestria artística. Segundo muitos afirmavam devia-se a algo muito bem mais profundo: uma mensagem oculta nas camadas de pintura. Se observarem com calma verá que a linha do horizonte que Da Vinci pintou se encontra num nível visivelmente mais baixo que a da direita, ele fez com que a Mona Lisa parecer muito maior vista da esquerda que da direita. Historicamente, os conceitos de masculino e feminino estão ligados aos lados - o esquerdo é feminino, o direito é o masculino."

A teoria mais impactante e interessante que tem surgido na atualidade é a Monalisa trata-se não de uma mulher, mas de um auto retrato de Da Vinci, transvestido de mulher. Ou seja,  se vestiu de mulher em frente a um espelho, e conforme seus conhecimentos de anatomia, ou realmente  realizando mudança de aparencia propria, (como raspar sombrancelhas e barba), fez o "autoretrato".

 

Comparando as Imagens de uma auto pintura, e do famoso quadro, La Gioconda, Pode-se observar traços muito semelhantes nos rostos dos indivíduos  pintados.

Caso possa ser constatato tal, isso pode ser considerado a maior farsa da história das artes, pois, o quado não seria realmente aquilo que milhares pensaram que fossem, mas sim uma expressão da própria opção comportamental do pintor. 

E voce o que acha? é só mais uma teoria, ou as evidencias podem ser consideradas?

 

 

O Passe Digital é um site colaborativo de artigos, e seu conteúdo é de responsabilidade de seus autores. O site Passe Digital não compactua com qualquer prática ilícita, ou com a publicação de conteúdo que viole direitos autorais. Havendo qualquer denúncia acerca dessa postagem, por favor nos informe clicando aqui.
Fale conoscoComo colaborarQuem somosVersão mobile
Passe Digital - um produto da LinkWS - desde 2016