• Home  
  •   
  • Not?cias  
  •   
  • Movimentação no aeroporto de Santarém sobe 20% na alta temporada, segundo Infraero  

Movimentação no aeroporto de Santarém sobe 20% na alta temporada, segundo Infraero

Publicado em 20 de Dezembro de 2018 às 21h

Com a alta temporada em Santarém, é notável o aumento do número de visitantes que escolhem os pontos turísticos da região para passar as férias. No Aeroporto Maestro Wilson Fonseca, na cidade, foi constatado o crescimento de aproximadamente 20% em relação à movimentação registrada entre 18 de dezembro de 2017 e 7 de janeiro de 2018, quando foram contabilizados 29,4 mil embarques e desembarques no terminal santareno.

A expectativa é receber 35,2 mil passageiros no período de alta temporada, entre os dias 17 de dezembro a 6 de janeiro de 2019. Os dados foram divulgados nesta quinta-feira (20) pela Empresa Brasileira de Infraestrutura Aeroportuária (Infraero), concessionária que administra o terminal.

Com relação ao movimento de aeronaves, espera-se que o aumento seja de 19,3%. A previsão é de 740 pousos e decolagens programadas para esse ano. Na temporada 2017/2018, esse número foi de 620 voos. De acordo com a Infraero, o movimento de aeronaves deve ser de aproximadamente 42 mil pousos e decolagens no período. Na temporada passada, foram 42,7 mil chegadas e partidas.

Nos 45 aeroportos da Rede Infraero com voos regulares, a expectativa, no período, é de receber cerca de 5 milhões de passageiros, entre embarques e desembarques, segundo a empresa, quase a mesma quantidade registrada na alta temporada de 2017/2018, que foi de 5,06 milhões de pessoas.

A movimentação levou a se pensar em oferta de assentos das companhias aéreas, um plano de ação para proporcionar mais conforto aos passageiros, reforço no monitoramento dos aeroportos, para atuar na correção de situações que possam prejudicar as operações, equipes de limpeza e manutenções preventivas no terminal santareno, que iniciaram em novembro.

"Esse cuidado prévio vai garantir que passageiros, companhias aéreas e demais clientes dos nossos aeroportos tenham uma passagem tranquila pelos terminais, sejam eles de grandes cidades ou do interior do Brasil", afirma o diretor de Operações Serviços Técnicos da Infraero, João Márcio Jordão.

As operações nos aeroportos de Congonhas, Santos Dumont, Curitiba, Recife e Manaus serão coordenadas pelos Centros de Gerenciamento Aeroportuário (CGA) localizados nestes terminais, para que se possa acompanhar, em tempo real, o funcionamento das instalações.

O CGA é composto por representantes da Infraero, Agência Nacional de Aviação Civil (Anac), Polícia Federal, Receita Federal, Vigilância Sanitária, Vigilância Agropecuária e companhias aéreas.

"A reunião de agentes no aeroporto permite à Infraero detectar as necessidades específicas de cada terminal com antecedência, garantindo a melhor atuação nas operações", explica o superintendente de Gestão da Operação, Marçal Goulart.

Nos demais aeroportos, a coordenação é feita pelo Núcleo de Acompanhamento e Gestão Operacional (Nago). Localizado em Brasília, ele monitora todos os aeroportos da Infraero e alinha ações para assegurar que todas as etapas da operação de um aeroporto tenham fluidez e segurança.

O Passe Digital é um site colaborativo de artigos, e seu conteúdo é de responsabilidade de seus autores. O site Passe Digital não compactua com qualquer prática ilícita, ou com a publicação de conteúdo que viole direitos autorais. Havendo qualquer denúncia acerca dessa postagem, por favor nos informe clicando aqui.
A seguir várias soluções para seu negócio:
E-mail marketingValidação de e-mailsValidação de telefonesAtendimento via WhatsappDivulgação de produtosAnti-SPAMVárias ferramentas de marketing
Fale conoscoComo colaborarQuem somosVersão mobile
Passe Digital - um produto da LinkWS - desde 2016