EUA e Imigração

Publicado em 5 de Novembro de 2018 às 11h

postado em 04/11/2018 17:26

Milhares de imigrantes da América Central estão avançando mais rapidamente pelo México na expectativa de realizarem seu sonho de chegar aos Estados Unidos. A caminhada deste domingo é uma das mais longas já realizadas pelo grupo de viajantes que, exaustos, tentam obter progresso a todo custo. 

O Ministério do Interior do México estima que mais de cinco mil imigrantes estejam hoje passando pelo sul do país no meio da caravana ou em grupos menores. Segundo as autoridades, 2,7 mil imigrantes pediram asilo no México e outros 500 pediram ajuda para retornar a seus países de origem. 

A maioria dos viajantes, cerca de quatro mil no grupo principal, caminham pelo que alguns têm chamado de "rota da morte", em direção a cidade de Córdoba, no estado mexicano de Veracruz. Este é o mesmo estado onde centenas de imigrantes desapareceram nos últimos anos ao se tornarem alvo de sequestradores que tentam obter dinheiro de resgate.
O que leva milhares de pessoas, deixarem seus países, largarem suas casas. E ganharem o mundo, passar por diversas privações, como fome, cansaço e até a própria morte. Tudo isso, justificam estarem buscando melhores condições de vida, ou fugindo de países que não tem emprego, alta taxa de violÊncia e etc. E tudo isso, para serem aceitos em um país, que reduziu sua política de imigração a zero e já deixou claro, que não esta disposto a negociar ou abrir qualquer diálogo, com pessoas oriundas de outras países, que queiram obrigar os EUA. á recebe-lás. Sabemos que haverá muitas tensões nos próximos dias, pois as caravanas se aproximam e Donald Trump, já disponibilizou diversos soldados e esta montando uma verdadeira tática de guerra, para coíbir qualquer avanço dessas caravanas no país Norte Americano. Fico a me perguntar. O que acontecerá com esses diversos de imigrantes, que estão a dias sobre sol e chuva e atravessaram rios e praticamente só tem mesmo o dinheiro da idá e não faz parte do plano desses diversos de imigrantes, retornarem. Qual será a política adotada por Donald Trump? Será que ele estará disposto a negociar com essas famílias e essas pessoas? Ou estará simplesmente retaliando e colocando todo mundo para correr... Como todos, estou ansiosa, aguardando os próximos passos dessa caravana e se esses imigrantes, que seguem na esperança de adentrarem em solo americano, conseguirão exito ou serão mandados de volta para seus países de origem, com a ajuda do país norte americano ou terão que ficar em prontidão e aguardarem alguma negociações de Trump, para ceder as exigências dessa enxurrada de homens, mulheres e crianças, que seguem rumo à um futuro melhor ...

A jornada parece estar trazendo dificuldades. Há um dia, o grupo foi marcado por divisões enquanto alguns imigrantes discutiam com os organizadores e criticavam autoridades mexicanas antes de decidirem ir por conta própria em direção à Cidade do México. 

Autoridades de Veracruz informaram em setembro a descoberta de ao menos 174 corpos enterrados en túmulos clandestinos, levantando questionamentos sobre se os corpos pertenciam aos imigrantes. 

Os membros da caravana tem contato com auxílio de moradores das cidades por onde passam no México. 

Na cidade de Benemerito Juarez, que tem apenas 3 mil habitantes, moradores se juntaram para fazer tacos, encher garrafas de água e entregar frutas aos viajantes na estrada. 

"Eu não tinha comido e estava com muita sede", disse Manuel Calderon, 43 anos, imigrante de El Salvador.

Muitos membros da caravana já estão na estrada há mais de três semanas. Mynor Chavez, hondurenho de 19 anos, afirma que não pode desistir. "Eu não tenho esperança. Nem mesmo com um diploma de técnico de informática, eu pude conseguir um emprego", disse. Fonte: Associated Press.

O Passe Digital é um site colaborativo de artigos, e seu conteúdo é de responsabilidade de seus autores. O site Passe Digital não compactua com qualquer prática ilícita, ou com a publicação de conteúdo que viole direitos autorais. Havendo qualquer denúncia acerca dessa postagem, por favor nos informe clicando aqui.

Veja também

Fale conoscoComo colaborarQuem somosVersão mobile
Passe Digital - um produto da LinkWS - desde 2016