• Home  
  •   
  • Curiosidades  
  •   
  • Gêmeas com cor de pele diferentes estão causando euforia nas redes sociais  

Gêmeas com cor de pele diferentes estão causando euforia nas redes sociais

Publicado em 13 de Novembro de 2017 às 22h

O fofurômetro estourou no perfil @littlestronggirls por causa de fotos lindas das pequenas Isabella e Gabriella, gêmeas norte-americanas que nasceram em abril de 2017

Gêmeas bivitelinas, ou seja, formadas a partir de dois óvulos que foram fecundados por dois espermatozóides, o que formou dois embriões e "ocasionou" no desenvolvimento dessas lindas menininhas que estão conquistando o coração e a atenção de muita gente. 

Os casos de gêmeos que nascem com cores de pele diferentes são raríssimos, podendo acontecer 1 em cada 1 milhão de gestações gemelares. Eles não são geneticamente iguais, apenas nasceram no mesmo momento e, como a maioria dos irmãos não-gêmeos, podem ser parecidos, mas terão muitas características diferentes que vão se evidenciando ao longo do tempo. É neste tipo de gestação que pode ocorrer, ainda que raramente, o nascimento de crianças com cores de pele diferentes, como Gabriella e Isabella.

Absurdamente diferentes e indiscutivelmente gêmeas, Isabella e Gabriella de 7 meses, encantam não somente pelo contrate na cor da pele ou história singular, mas sim, por esbanjarem charme nas fotos que a mãe, Clementina Shipley, compartilha no Instagram que já soma mais de 10 mil seguidores. De acordo com a mãe, "Isabella é uma bebê calma e super relaxada. Ela ri sempre que alguém olha para ela e ama receber cócegas. Gabriella começou a engatinhar com cinco meses e não parou de se mexer desde então. Ela é uma bola sorridente de energia e ama um aconchego".

As pequenas não são as únicas que atraem cliques, elas têm uma irmã mais velha, Angelina, que tem 2 anos e possui olhos e sorriso tão encantadores quanto os das irmãs.

Mas nem tudo são flores e cores na vida dessa famílias. Em uma entrevista Clementina conta que recebeu comentários maldosos sobre as meninas.

Segundo a mãe das belezinhas, eles recebem também perguntas sobre seus sentimentos por Gabriella. Algumas maldosas línguas questionam o amor dos pais por ela e perguntam ainda se a acham bonita por ter a pele mais escura. Há também os incrédulos que dizem que elas foram trocadas na maternidade. No entanto, Clementina afirmou que ela e o marido se esforçam para garantir que elas sempre se sintam igualmente amadas e confortáveis com suas cores.

Sem se intimidar com esses tipos de comentário, Clementina afirma: "“Têm sido ótimo compartilhar as fotos de nossas filhas online, isso mostra o quão maravilhosos são os genes negros, pois nós podemos criar bebês tão únicos”
 

O Passe Digital é um site colaborativo de artigos, e seu conteúdo é de responsabilidade de seus autores. O site Passe Digital não compactua com qualquer prática ilícita, ou com a publicação de conteúdo que viole direitos autorais. Havendo qualquer denúncia acerca dessa postagem, por favor nos informe clicando aqui.
Fale conoscoComo colaborarQuem somosVersão mobile
Passe Digital - um produto da LinkWS - desde 2016