4 Abacates por semana podem reduzir risco de Leucemia

Publicado em 3 de Junho de 2018 às 18h

Locutor, Propaganda, Carro De Som, Vinhetas, Comerciais R$12,99

Uma investigação recente conduzida pelo Professor Paul Spagnuolo da Universidade de Waterloo descobriu que uma gordura dos abacates combate a Leucemia Mieloide Aguda (LMA) atacando a raiz do problema – células estaminais. Embora sejam necessários mais evidências cientificas tudo leva a crer que se comer um abacate de 2 em 2 dias pode ajudar a reduzir o risco de Leucemia.

Locutor, Propaganda, Carro De Som, Vinhetas, Comerciais R$12,99
 

A LMA é uma doença com elevada mortalidade (90%) especialmente em pessoas com idade superior a 65 anos. Esta descoberta abre a esperança de um novo medicamente com o principio activo Avocatin B que terá como efeito reduzir a viabilidade celular primária do AML sem efeito sobre as células estaminais normais, aumentando a esperança e qualidade de vida dos pacientes.

Locutor, Propaganda, Carro De Som, Vinhetas, Comerciais R$12,99
 

A investigação de Spagnuolo foi publicada no jornal Cancer Research, um dos mais prestigiados a nível oncológico. Através da parceria com o Centre for Commercialization of Regenerative Medicine (CCRM) registou a patente para aplicação do componente avocatin B para tratamento da LMA.

Locutor, Propaganda, Carro De Som, Vinhetas, Comerciais R$12,99
 

A comercialização de um novo medicamento com este composto ainda está a muitos anos de distância, no entanto existe uma boa forma de prevenção… incluir este fruto regularmente na sua dieta (pelo menos 4 vezes por semana), que para além de muitos outros benefícios para a saúde, parece agora também ter um efeito protector contra a leucemia.

Locutor, Propaganda, Carro De Som, Vinhetas, Comerciais R$12,99
 

 

Fonte: Saúde Natural

O Passe Digital é um site colaborativo de artigos, e seu conteúdo é de responsabilidade de seus autores. O site Passe Digital não compactua com qualquer prática ilícita, ou com a publicação de conteúdo que viole direitos autorais. Havendo qualquer denúncia acerca dessa postagem, por favor nos informe clicando aqui.
Fale conoscoComo colaborarQuem somosVersão mobile
Passe Digital - um produto da LinkWS - desde 2016