• Home  
  •   
  • Notícias  
  •   
  • Multidão de foliões colore as ruas no 40º Navegay/SC  

Multidão de foliões colore as ruas no 40º Navegay/SC

Publicado em 13 de Fevereiro de 2018 às 04h

O tempo feio e as temperaturas mais amenas dessa segunda-feira de Carnaval, não foram suficientes para tirar o ânimo dos milhares de foliões do maior bloco dos sujos do Sul do país: o Navegay. Completando quarenta anos em 2018, a tradicional festa esperava reunir cerca de 180 mil pessoas. Eram três horas da tarde quando a brincadeira oficialmente começou a colorir as ruas da cidade com muita fantasia, glitter e alegria. Por volta das 17h, bem antes do pico da festa, um mar de gente animada dançava ao som dos trios elétricos. Até o fim da festa, previsto para a meia-noite por determinação do Ministério Público, seriam quatorze trios espalhados pela Avenida Beira-Mar. O trânsito nas proximidades foi totalmente bloqueado pela Prefeitura para que os foliões possam curtir a festa. Polícia Militar e Corpo de Bombeiros reforçam a segurança.

Henrique Santos, 19 anos, fazia sua estreia no Navegay. Ele que é paranaense da Lapa, usou e abusou da purpurina para chamar a atenção e encontrar um “boy magia para beijar na boca”. Ao lado dele estava Laura Nascimento, 18 anos, que acaba de se mudar do Piauí. A estudante tem namorado, nativo da cidade, mas que não gosta da festa. “Ele preferiu ficar em casa e eu vim com minha sogra e amigos para conhecer e dançar muito”, disse. A sogra dela, a autônoma Sandra de Souza, 51 anos, disse que, apesar de não ser muito de festa, adora o Navegay. “Eu gosto de vir aqui para ver a diversidade do ser humano. É uma festa sem preconceito e com muita diversão”, afirmou.

O maior bloco dos sujos do Sul do país teve o início de sua história em 1978, quando oito homens de uma mesma família resolveram se fantasiar de mulher e sair brincando pelas ruas de Navegantes. A festa deles chamou a atenção da mulherada que resolveu se juntar ao bloco que foi batizado como Navegay.

O Passe Digital é um site colaborativo de artigos, e seu conteúdo é de responsabilidade de seus autores. O site Passe Digital não compactua com qualquer prática ilícita, ou com a publicação de conteúdo que viole direitos autorais. Havendo qualquer denúncia acerca dessa postagem, por favor nos informe clicando aqui.
Fale conoscoComo colaborarQuem somosVersão mobile
Passe Digital - um produto da LinkWS - desde 2016