• Home  
  •   
  • Arte  
  •   
  • O Mercador e o Hammal - Nos Moldes de 1001 Noites  

O Mercador e o Hammal - Nos Moldes de 1001 Noites

Publicado em 20 de Setembro de 2018 às 10h

Contam no bazar de histórias do tempo que um mercador chamado Anuar foi a um grande mercado de Bagdá atrás de suprimentos quando encontrou um jovem hammal a quem pediu que carregasse suas compras. O jovem ficou encantado com o número de dinares gastos e perguntou ao mercador no caminho para a casa deste: Encontrou o segredo da riqueza ou ela surgiu com a sorte de Alá diante de si? Eu busquei a perfeição e encontrei a riqueza no caminho, respondeu Anuar. A perfeição pode ser alcançada? Questionou-lhe o hammal. A perfeição não pode ser alcançada, ela deve ser vivida enquanto é buscada - respondeu Anuar. Intrigado, o jovem hammal afirmou - Não consigo entender isto, por isso não posso viver a perfeição ou alcançar a riqueza como o senhor. Comovido pela afirmação triste do jovem, Anuar parou no caminho, e disse ao hammal que voltasse ao mercado com 60 dinares e trouxesse a perfeição numa cesta de frutas, sem saber a essência desse pedido, o jovem foi ao mercado e ficou em dúvida sobre quais frutas deveria levar ao mercador. Escolhendo com método, gastou 30 dinares e voltou ao mercador se queixando que não haviam frutas perfeitas. Vê, curioso hammal, que fizeste? Intrigado, o jovem perguntou o que fez e o mercador lhe disse: Eu pedi que trouxesse a perfeição numa cesta de frutas. Eu trouxe as melhores frutas que encontrei - explicou-se o hammal. "Viveu perfeição enquanto buscava-a. Agora vê?". Após refletir rapidamente respondeu-lhe o jovem: Agora eu vejo, por buscar a perfeição eu encontrei o melhor que havia de se encontrar, e pelo menor preço do mercado. "Você viu, jovem hammal, não pode alcançar a perfeição, mas quando vive buscando-a, vive-se ela, em seus atos e métodos" - Agora vejo, sim, entendo o que dizes, meu senhor, é mesmo muito sábio! 
O mercador sorriu e presenteou o jovem hammal com as frutas, que passou a viver em busca da perfeição até se tornar ele próprio um sábio mercador. 

O Passe Digital é um site colaborativo de artigos, e seu conteúdo é de responsabilidade de seus autores. O site Passe Digital não compactua com qualquer prática ilícita, ou com a publicação de conteúdo que viole direitos autorais. Havendo qualquer denúncia acerca dessa postagem, por favor nos informe clicando aqui.
Fale conoscoComo colaborarQuem somosVersão mobile
Passe Digital - um produto da LinkWS - desde 2016