• Home  
  •   
  • Esportes  
  •   
  • FIFA reconhece Palmeiras como 1° Campeão Mundial e tira título do Corinthians  

FIFA reconhece Palmeiras como 1° Campeão Mundial e tira título do Corinthians

Publicado em 7 de Fevereiro de 2019 às 00h

O Palmeiras foi reconhecido pela FIFA como o Primeiro Campeão Mundial. Após diversos pedidos da Instituição Palmeiras, a entidade máxima do futebol mundial resolveu oficializar o título conquistado em 1951, no Rio de Janeiro.

Na época, o Campeonato foi conhecido como Mundial de Clubes e o Palmeiras venceu. Há uma grande polêmica hoje em dia, pois rivais não consideram este título do Alviverde da capital.

Vale lembrar que, anteriormente, o título de Primeiro Campeão Mundial pertencia ao Corinthians. O rival de Itaquera havia ganhado o Campeonato Mundial em 2000, que foi considerado o primeiro de todos após uma mudança de formato da FIFA.

“Concessão do pedido feito pela CBF para reconhecer o torneio de 1951 entre clubes europeus e sul-americanos e vencido pelo Palmeiras como a primeira competição mundial de clubes”, diz o documento divulgado pelo Blog do Ohata, do Yahoo!

No entanto, a FIFA decidiu tirar o título de Primeiro Campeão Mundial do Corinthians e passá-lo ao rival Palmeiras, considerado que o Mundial de 1951 é tão válido quanto aos que aconteceram após o ano de 2000.

A FIFA é a organização máxima do futebol e, por mais que existam muitas críticas à entidade, ainda é ela quem oficializa títulos e organiza as principais competições do futebol mundial, inclusive os campeonatos mundiais, tanto de clubes quanto os de seleções.

A torcida palmeirense já reconhecia o Clube como Campeão Mundial, mas só agora que a equipe conseguiu oficializar na FIFA. Vale ressaltar que a FIFA já tinha reconhecido, porém não oficializou após o Fluminense cobrar o mesmo título pela conquista da competição em 1952.

A Copa Rio aconteceu em 1952, porém não teve a chancela da FIFA  e diversos clubes se negaram a participar do evento, portanto somente o de 1951 é válido. A ideia era acontecer de 4 em 4 anos, porém a falta de verba impediu.

O Passe Digital é um site colaborativo de artigos, e seu conteúdo é de responsabilidade de seus autores. O site Passe Digital não compactua com qualquer prática ilícita, ou com a publicação de conteúdo que viole direitos autorais. Havendo qualquer denúncia acerca dessa postagem, por favor nos informe clicando aqui.
Fale conoscoComo colaborarQuem somosVersão mobile
Passe Digital - um produto da LinkWS - desde 2016