• Home  
  •   
  • Animais  
  •   
  • AS PESSOAS REALMENTE SENTEM MAIS PENA DE CACHORROS DO QUE DE PESSOAS  

AS PESSOAS REALMENTE SENTEM MAIS PENA DE CACHORROS DO QUE DE PESSOAS

Publicado em 26 de Setembro de 2018 às 12h

Muitas pessoas se sentem consternadas com o sofrimento animal, a gente sabe, mas muitas também sentem tanta piedade de cachorros abandonados ou machucados que é quase como se não conseguissem dar a mesma importância ao sofrimento humano, já reparou?

Um estudo feito sobre esse assunto e que foi publicado no Society & Animals revela que, realmente, humanos tendem a ficar com mais pena de cachorros sofrendo do que de outros seres humanos em circunstâncias parecidas.

Para chegar a essa conclusão, pesquisadores da Northwestern University contaram com a ajuda de 240 voluntários universitários, com idades entre 18 e 23 anos, que participaram do estudo lendo, primeiramente, a notícia de um falso ataque no qual a vítima tinha apanhado com um taco de baseball e ficado seriamente ferida, com diversos ossos quebrados, e deixada abandonada inconsciente.

O que mudou na narrativa recebida por algumas pessoas foi a vítima: em alguns casos, era uma pessoa adulta; em outros, uma criança de 1 ano de idade; em outros, um cachorro de seis anos de idade; e em outros, um filhote de cachorro. Tenso!

Uma questão de idade
 


A suspeita inicial era a de que talvez a idade da vítima fosse a informação que pudesse causar mais consternação, por indicar maior vulnerabilidade. Para checar esse princípio, os participantes responderam a perguntas para demonstrar níveis de empatia em uma escala que ia de pouca empatia até muita empatia.

Na sequência, os pesquisadores falaram com os participantes e perguntaram como eles se sentiram lendo cada um dos casos: todos ficaram mais chocados com o ataque à criança, seguido pelo ataque ao filhote de cachorro, depois pelo ataque ao cachorro adulto e, finalmente, pelo ataque à pessoa adulta.

“A idade faz uma diferença para a empatia em relação às vítimas humanas, mas não às vítimas caninas”, explicaram os pesquisadores. Em relação ao gênero dos participantes, as mulheres tendem a demonstrar compaixão por todas as vítimas enquanto os homens são mais seletivos.

O Passe Digital é um site colaborativo de artigos, e seu conteúdo é de responsabilidade de seus autores. O site Passe Digital não compactua com qualquer prática ilícita, ou com a publicação de conteúdo que viole direitos autorais. Havendo qualquer denúncia acerca dessa postagem, por favor nos informe clicando aqui.
Fale conoscoComo colaborarQuem somosVersão mobile
Passe Digital - um produto da LinkWS - desde 2016