• Home  
  •   
  • Arte  
  •   
  • Os Artistas e o Meio Ambiente  

Os Artistas e o Meio Ambiente

Publicado em 26 de Março de 2019 às 12h

Com o do desenvolvimento tecnológico tem sido um domínio cada vez maior do homem sobre o seu meio. uma das consequências disso é a maior reprodução e concentração de imagens.

E os artistas,como se posiciona com relação a isso?

como todos nós, os artistas também estão envolvidos e se relacionando com seu meio. mesmo que isso não fique explícito em suas obras, a expressão artística está ligada as vivências do artista.

A profusão de de imagens próprias do século XX e XXI e os avanços tecnológicos também não passaram despercebidos aos olhos dos Artistas. atentos a sua época, eles  transformaram estes recursos em matéria-prima de suas obras.

Durante a década de 50, surgiu na Inglaterra um movimento artístico que viria a ser denominado de arte pop. ao apropriarem-se de imagens populares (dai o nome pop) é facilmente reconhecíveis do mundo da propaganda e do espetáculo, os artistas desta tendência passaram a criar obras que refletiam sobre a realidade do mundo contemporâneo.

Assim como as imagens de propaganda, que se espalhou por diversos meios, arte pop utiliza recursos de produção de imagens com o fim de criar diversas cópias de uma mesma obra.

Essas cópias são assinaladas pelos artistas e adquirem um valor comercial mais acessível do que uma obra única, como uma pintura, por exemplo.

Andy Warhol (1928-1987), um famoso artista pop norte-americano, traduzir centenas de vezes sua obras, tornando-as também produtos em série e em massa.

Por outro lado, os artistas não apenas refletem o meio em suas Produções, mas também interferem sobre ele como uma forma de arte.

Observe a imagem abaixo.

Esculturas são a forma mais comun de manifestação artística em espaços a céu aberto e, nesses casos, geralmente são permanentes.

Entretanto, nas últimas décadas, muitos artistas têm utilizado o meio ambiente não como um espaço de exposição, mas como um suporte para suas obras, realizando o que se chama de intervenção artística.

Essas intervenções nem sempre são permanentes, mas para modificar um ambiente por algum tempo determinado.

Muitas vezes estas obras são feitas com os mesmos recursos da publicidade, como letreiros e cartazes, mas apresentam uma proposta não não- comercial.

A ideia é provocar O Observador em seu cotidiano, modificando seu ambiente e levando-o a apreciar e a refletir sobre algo novo.

Observe a imagem abaixo.

Garrafas PET gigantes nas margens do rio Tietê, na cidade de São Paulo. fazem parte da instalação criada pelo artista plástico Eduardo srur, 2008.

Esse artigo foi publicado primeiramente no meu site artesanatoesustentabilidade.gq e excluído devido a questões de segmentações, agora repostado aqui no http://passedigital.com.br

O Passe Digital é um site colaborativo de artigos, e seu conteúdo é de responsabilidade de seus autores. O site Passe Digital não compactua com qualquer prática ilícita, ou com a publicação de conteúdo que viole direitos autorais. Havendo qualquer denúncia acerca dessa postagem, por favor nos informe clicando aqui.
A seguir várias soluções para seu negócio:
E-mail marketingValidação de e-mailsValidação de telefonesAtendimento via WhatsappDivulgação de produtosAnti-SPAMVárias ferramentas de marketing
Fale conoscoComo colaborarQuem somosVersão mobile
Passe Digital - um produto da LinkWS - desde 2016