• Home  
  •   
  • Notícias  
  •   
  • Ativista é condenada a pagar indenização por resgate de animais  

Ativista é condenada a pagar indenização por resgate de animais

Publicado em 28 de Julho de 2018 às 12h

ATIVISTA É CONDENADA EM 1a INSTÂNCIA

 

O  principal nome na luta pelos direitos do animais, Luísa Mell, 39 anos, foi condenada a indenizar em R$ 60 mil reais a tutora de quatro cachorros resgatados. A apresentadora já recorreu da decisão. O caso aconteceu em novembro de 2016, na casa da dona dos cahorros. 

                                      Luisa Mell   I   Foto de Estefânia Uchôa / CMADS

 

A condenação ocorreu em primeira instância pela 31ª Vara Civil de São Paulo, pois entendeu que a proprietária dos cachorros foi abalada emocional e psicologicamente, por conta da "intrusão" de Luisa na casa e na retirada dos animais do local. Segundo consta no inquérito, um dobermann e um pinsher morreram após o resgate.

Luísa se defende no caso afirmando "Não invadi a casa de ninguém. Quem entrou foi a Polícia Militar, por conta de uma denúncia de maus-tratos".

A ativista ficou conhecida pelo público em 2013, quando participou da invasão do Instituto Royal, alegando que cachorros da raça Beagle estariam sendo maltratados, resgatando junto a outros ativistas 178 cães e 7 coelhos.

   Luísa Mell resgatando Beagles no Instituto Royal, em 2013  I  Foto: Edison Temoteo / Futura Press

 

No mesmo ano, ela e sua equipe criaram a ONG Emergência Animal que vem atuando no resgate de animais feridos ou em situação de risco, recuperação e adoção. De acordo com o Instituto Luisa Mell, cerca de 300 animais, entre cães e gatos, vivem no abrigo, todos resgatados das ruas.

Luísa começou seu ativismo pela causa animal em 2002, com a estreia de seu programa Late Show, na RedeTV e passou a se envolver com os direitos e defesa dos animais, se tornando ativista do gênero e vegana.

             

                                        Luísa Mell com os cachorros resgatados I   Foto: Instagram/luisamell

 

Fonte: Folha de São Paulo

 

Veja também 

5 motivos desmascarados para não ser vegano

As cidades mais violentas do Brasil

 

O Passe Digital é um site colaborativo de artigos, e seu conteúdo é de responsabilidade de seus autores. O site Passe Digital não compactua com qualquer prática ilícita, ou com a publicação de conteúdo que viole direitos autorais. Havendo qualquer denúncia acerca dessa postagem, por favor nos informe clicando aqui.
Fale conoscoComo colaborarQuem somosVersão mobile
Passe Digital - um produto da LinkWS - desde 2016