• Home  
  •   
  • Dicas e Truques  
  •   
  • REDES SOCIAIS E PUBLICAÇÃO REMUNERADA DE VÍDEOS CURTOS: DIVERSÃO GANHANDO DINHEIRO!  

REDES SOCIAIS E PUBLICAÇÃO REMUNERADA DE VÍDEOS CURTOS: DIVERSÃO GANHANDO DINHEIRO!

Publicado em 6 de Fevereiro de 2018 às 00h

Os vídeos de fatos (além de fotos) são os mais visualizados na internet

 

As redes sociais hoje fazem parte da vida de bilhões de pessoas no mundo. Estudo realizado pela eMarketer indica que o Brasil é o país da América Latina com maior quantidade de usuários de redes sociais. Nada menos que 78,1 milhões de pessoas acessando alguma rede social pelo menos uma vez por mês em 2014, subindo para 86,5 milhões em 2015 e até a metade de 2016 já eram 93,2 milhões. Praticamente o dobro que o México e o triplo da Argentina, segundo e terceiros lugares, respectivamente, entre os países latino-americanos[1]. Segundo reportagem do Jornal Hoje de julho de 2017, mais de 100 milhões de brasileiros estão cadastrados em, pelo menos, uma rede social[2].

De maneira bem mais rápida que o crescimento de usuários tem sido a diversificação dessas redes sociais. Sendo uma das primeiras redes sociais de sucesso no Brasil, o Orkut logo foi suplantado pelo Facebook que, mesmo se mantendo como uma das principais redes sociais a nível mundial, já não é exclusiva entre o gosto dos brasileiros.

Dados revelam que 94% dos internautas brasileiros possuem uma conta no Facebook. Contudo, redes sociais “especializadas” como o Instagram – especializada na publicação e no compartilhamento de fotos – têm conquistado cada vez mais adeptos no Brasil! Não é a toa que 57% dos brasileiros que acessam a internet possuem um perfil no Instagram[3]. Em parte tal tendência acompanha o crescimento vertiginoso de proprietários de smartphones. Do total de acessos, 88% é realizado a partir de celulares, mesmo que não exclusivamente[4]. Dessa maneira, aplicativos de smartphones acabam ganhando preferência como portais de acesso às redes sociais.

Vislumbrando isso e querendo explorar novos nichos de interesse dos brasileiros, a Hypstar vem se apresentando no país como uma rede social diferenciada. Além de ser uma rede social exclusiva para publicação e compartilhamento de vídeos curtos – com duração de até 15 segundos – a Hypstar vem apostando numa proposta inovadora: ela remunera seus usuários! Isso mesmo!

Os vídeos que são assistidos por usuários da rede social, mesmo que não sigam o perfil, rendem para seu proprietário os chamados flames – chamas, em inglês. Atualmente cada labareda equivale a U$ 0,015, cerca de R$ 0,05. A partir do acúmulo de U$ 1,00, é possível transferir o valor para o Pay Pal, conta para transações eletrônicas (leia sobre contas eletrônicas!).

Se para muitos a postagem de fotos e vídeos em redes sociais já era algo divertido, imagine o quanto não é gratificante ainda receber para isso!?

Está interessado? Baixe o aplicativo Hypstar, cadastre-se e comece a usar!

 

[1] CANAL TECH. Brasil é o país que mais usa redes sociais na América Latina. 20 jun. 2016.

[2] FALCOSKI, Patrícia. Mais de 100 milhões de brasileiros estão conectados nas redes sociais. Jornal Hoje. 17 jul. 2017.

[3] SHERMANN, Daniela. Redes sociais: Pesquisa sobre o comportamento dos brasileiros na internet. Opinion Box. 3 maio 2017.

[4] ZANLORENSSI, Gabriel; ALMEIDA, Rodolfo. Como os brasileiros acessam a internet. Nexo Jornal. 4 set. 2017.

 

* Nathan Belcavello de Oliveira é Geógrafo e Professor de Geografia. Diretor do Portal Geoblog, da Geodiálogos: Revista Eletrônica de Diálogo e Divulgação em Geografia e dos blogs Oportunidades em Geografia e Eventos de Geografia, além de pesquisador em Grupos de Pesquisa no Brasil e na Argentina.

O Passe Digital é um site colaborativo de artigos, e seu conteúdo é de responsabilidade de seus autores. O site Passe Digital não compactua com qualquer prática ilícita, ou com a publicação de conteúdo que viole direitos autorais. Havendo qualquer denúncia acerca dessa postagem, por favor nos informe clicando aqui.
Fale conoscoComo colaborarQuem somosVersão mobile
Passe Digital - um produto da LinkWS - desde 2016