RECEBIMENTOS E PAGAMENTOS ON-LINE: COMO FUNCIONA?

Publicado em 5 de Fevereiro de 2018 às 23h

Se você está lendo este artigo, com certeza quase absoluta posso afirmar que você já comprou pela internet, estou errado? Muito provavelmente não!

Na atualidade, as compras pela internet já se tornaram parte do cotidiano de bilhões de pessoas pelo mundo afora. Uma pesquisa do Google em 2016 mostrou que o comércio eletrônico dobraria sua participação no faturamento do varejo até 2021, com um crescimento anual estimado em 12,4%[1]. Os números de 2016 no Brasil corroboram com a pesquisa do Google. Dados da Ebit para o referido ano apontaram que o varejo eletrônico faturou R$ 44,4 bilhões, com um crescimento de 7,4% em comparação a 2015[2]. Recentemente pesquisa da Deloitte apontou que nada menos que 51% dos brasileiros planejavam fazer suas compras de Natal pela internet[3]. Uau!

Agora, você sabia que, além de pagar, é possível receber pela internet? E isso não é uma possibilidade para empresas!

Existem serviços na internet que oferecem contas eletrônicas para pagamentos e recebimentos. Uma das pioneiras neste ramo de atuação é a Pay Pal, empresa surgida em 1999 como uma ferramenta de pagamentos da Confinity, por sua vez, uma empresa de aplicativos para celular. Mas o serviço que se iniciou suplementar, hoje está presente em mais de 180 países, possibilitando transferências de valores a nível mundial para quem quer comprar ou vender pela internet[4].

Página inicial do Pay Pal, um dos exemplos de contas eletrônicas existentes na internet.

De maneira fácil e amigável é possível se cadastrar para ter acesso a uma conta a partir da qual se podem fazer transações pela internet, tanto de compra em sites como Aliexpress, como recebimentos. É os recebimentos a parte mais interessante do Pay Pal. Você pode criar um botão de pagamentos caso queira, por exemplo, vender algum produto ou promover algum evento. Também pode receber pagamentos de aplicativos como o Hypstar. Os valores recebidos em moeda estrangeira – na maioria das vezes em dólares – são convertidos automaticamente para reais ou para qualquer moeda que você especificar em sua conta. E eu nem disse o melhor ainda! Você pode cadastrar sua conta bancária e, mediante o pagamento de tarifas que variam de 3,6% mais R$ 0,40 a 4,99% mais R$ 0,60 por cada transação. Basta colocar os dados bancários, esperar o teste por meio de depósitos de centavos que o Pay Pal faz em sua conta e ter a confirmação da vinculação para receber seus valores. Excelente para transações internacionais, pois normalmente as tarifas bancárias brasileiras são bem mais altas. Já para transações financeiras dentro do país, outras empresas, como o PagSeguro, por exemplo, podem oferecer tarifas mais atraentes, além de outros serviços, como máquinas de recebimento por cartão de crédito ou débito. Vale a pena pesquisar!

 

[1] G1. Economia. Vendas pela internet devem dobrar até 2021, diz pesquisa do Google.  17 out. 2016.

[2] ESTADO DE MINAS. Compras pela internet crescem 7,4% e faturam R$ 44,4 bilhões. 17 fev. 2017.

[3] VEJA. Economia. Maioria dos brasileiros fará compras de Natal online, diz estudo. 2 dez. 2017.

[4] WIKIPEDIA. Pay Pal. 15 dez. 2017.

 

* Nathan Belcavello de Oliveira é Geógrafo e Professor de Geografia. Diretor do Portal Geoblog, da Geodiálogos: Revista Eletrônica de Diálogo e Divulgação em Geografia e dos blogs Oportunidades em Geografia e Eventos de Geografia, além de pesquisador em Grupos de Pesquisa no Brasil e na Argentina.

O Passe Digital é um site colaborativo de artigos, e seu conteúdo é de responsabilidade de seus autores. O site Passe Digital não compactua com qualquer prática ilícita, ou com a publicação de conteúdo que viole direitos autorais. Havendo qualquer denúncia acerca dessa postagem, por favor nos informe clicando aqui.
Fale conoscoComo colaborarQuem somosVersão mobile
Passe Digital - um produto da LinkWS - desde 2016